quinta-feira, 26 de junho de 2008

Que eu nunca tenha certeza absoluta de coisa alguma, Amém!


Hoje eu definitivamente estou sem entender certas coisas( que novidade!), coisas que me deixam assim chateada em último grau, interessante é que tempos atrás notava coisas que não gosto nos outros em mim, com o tempo isso foi mudando, tomando outras formas.

Essa coisa de amar? Alguém entende isso?
Schopenhauer diria que toda essa conversa de amor não passa de troca de interesses, ou necessidades, que o desejo entre homens e mulheres não passam do desejo e da enganação do corpo, confesso que em partes eu creio nisso,mas não só nisso, se é mesmo só interesse, como explicar que quando perdemos alguém, este morre ou vai embora, ainda sim o amamos, quem sou eu para definir amor?

No entanto, acredito que seja mais que desejo, embora eu ame desejar, para mim o desejo move o mundo, ora mais! Desde que nascemos desejamos seja lá o que for.Eu vejo pessoas com pena de si,vejo o outro achando que estar só é o melhor, para mim isso é covardia, ou seria uma coragem extrema viver só? Eu realmente não sei, quanto valem os sentimentos no mundo globalizado? Quantos bits de emoção nós possuímos?
Medir sentimentos por grau ou tamanho, acho isso contraditório e sem nexo, compreendo a necessidade de se ter o outro, não confundir com possuir, o ter não é ser, agente está, não é.

Como definir evolução? Ciêntificamente, não é complicado, porém no sentido ser da coisa, nem toda evolução é tida como continuidade, no sentido de que o ser humano pouco evoluiu quando se leva em conta que tudo que este cria ao mesmo tempo destrói.

Eu realmente ando de saco cheio de tudo isso! Um amigo disse uma vez, "Nem tudo que é arte é belo, no entando não deixa de ser arte, por evidenciar sentimentos".
O que quero dizer com isso é que, uma vez que nos sentimos sós e temos pena de nós mesmos, somos extremamente egoístas e ainda assim, principalmente seres humanos, defina como quiser tudo que mencionei, não quero dar respostas, prefiro as dúvidas, estas sim me dão a certeza de que ainda vale a pena questionar á si mesmo. Quanto a vocês eu não sei, quanto á mim, menos ainda.

3 comentários:

No buraco da Maldade disse...

^^ quero saber quando vc vai fazer comentarios a minha pessoa rsrsrsrsrssrsrsr... beijossss lindona
ta muito filosofica ... sabe oq é isso?.... rsrsrs nem te falo kkkkkkkkkkkkkkkkk beijuuuu^^

Maria de Fátima disse...

essa menina... essa menina... essa menina... essa mulher... essa mulher... essa mulher... essa senhora... essa senhora... essa senhora... é minha amiga, minha irmã e minha mãe, te amo *-*

Cássio D. Versus disse...

Querida moça da brisa..
são muitos os teus encantos,
e agora descubro o teu lado que
me inspira mais que o normal.
Beijos serenos nesta tua alma!